sábado, 25 de fevereiro de 2017

O PAPA FRANCISCO E A QUARESMA


Para a quaresma o Papa Francisco nos propõe 15 atos de caridade como manifestações concretas de amor: 

“Sorrir, um cristão é sempre alegre! Agradecer sempre. Lembrar ao outro o quanto você o ama. Cumprimentar com alegria as pessoas que você vê todos os dias. Ouvir a história do outro, sem julgamento, com amor. Parar para ajudar. Estar atento a quem precisa de você. Animar a alguém. Reconhecer os sucessos e qualidades do outro. Separar o que você não usa e dar a quem precisa.  Ajudar a alguém para que ele possa descansar. Corrigir com amor; não calar por medo. Ter delicadezas com os que estão perto de você. Limpar o que sujou, em casa. Ajudar os outros a superar os obstáculos. Telefonar para seus pais. ”

            E pede que mudemos o nosso Jejum quaresmal, assim: “Jejum de palavras negativas e dizer palavras bondosas. Jejum de descontentamento e encher-se de gratidão. Jejum de raiva e encher-se com mansidão e paciência. Jejum de pessimismo e encher-se de esperança e otimismo. Jejum de preocupações e encher-se de confiança em Deus. Jejum de queixas e encher-se com as coisas simples da vida. Jejum de tensões e encher-se com orações. Jejum de amargura e tristeza e encher o coração de alegria. Jejum de egoísmo e encher-se com compaixão pelos outros. Jejum de falta de perdão e encher-se de reconciliação. Jejum de palavras e colocar silêncio para ouvir os outros.

Um comentário:

Celebração do Centenário da Congregação das Irmãs Ursulinas CJA

No dia 28 de julho de 2019, na capela da Casa-Mãe e o Santuário de Santa Úrsula Ledóchowska, em  Pniewy, realizou-se a cerimônia, que ...