domingo, 12 de abril de 2015

Carta da Madre Geral às famílias por ocasião do Jubileu dos 150 anos do nascimento de Santa Úrsula

              Varsóvia, 14 de março de 2015

Estimados Senhores,

            No dia 17 de abril deste ano, a nossa Congregação, das Irmãs Ursulinas do Coração de Jesus Agonizante, iniciará na casa-mãe em Pniewy (Polônia), a celebração de 150 anos de nascimento de sua Fundadora, Santa Úrsula Ledóchowska.
            Gostaríamos de estender esta celebração para o ano inteiro, a fim de partilhar com os outros o dom  que, sem dúvida, foi e é  a Santa Úrsula Ledóchowska para nós, para a Igreja e para a vida consagrada. Por isso,  a celebração jubilar será acompanhada por celebrações litúrgicas e outros eventos em diversas localidades do mundo.
            Ao compartilhar esta alegria, pedimos as orações nas nossas intenções, das filhas espirituais da Santa Úrsula, para que saibamos vivenciar mais plenamente as indicações e o exemplo da Fundadora – para maior glória de Deus e para o bem do povo, a quem Deus nos envia.
            Este jubiléu de uma grande polonesa, da grande mulher, religiosa e educadora, parece-nos ser um evento importantenão apenas para nós. Sempre surpreende-nos de novo a descoberta crescente de atualidade da mensagem de Santa Úrsula para muitas pessoas. Em seus esritos e suas atitudes pode se encontrar uma resposta perspicaz e atual à crise dos  valores fundamentais, crise percebida hoje  em tão variados níveis da vida.
            Um coração sensível e ardente, transformado pela contemplação do Coração de Jesus Agonizante na Cruz, ajudou-lhe a compreender que somente os homens engajados com extraordinário amor nas questões familiares, profissionais, sociais  e políticas são capazes de transformar o mundo.  Por isso, apontava, como a tarefa mais importante, a educação da pessoa madura, responsável pela própria vida e daqueles que lhe são confiados. Dizia: Na obra de educação temos a dúpla tarefa: a primeira – educar  as crianças para Deus, para a pátria celeste; a segunda - é educar as crianças para a sociedade, para a pátria terrestre. Uma mestre e educadora talentosa e amante pode pois, também hoje, servir ao corpo docente e catequético, como aos pais que buscam os sábios e eficazes métodos para a formação da nova geração, com o seu exemplo e a sua intercessão.
            A espiritualidade de Santa Úrsula está enraizada no ‘Tenho sede” de Jesus, que expressa o seu amor sem limites, o amor incondicional. Ela percebia a solução para os problemas do mundo, em Jesus Ressuscitado e sentia-se por Ele enviada: Vai e dize aos meus irmãos e às minhas irmãs… Com a determinação procurava pois,  a possibilidade de chegar às periferias, às zonas de pobreza existencial e espiritual, a fim de levar ajuda e esperança.
            Não é por acaso, que Santa Úrsula é associada com o apostolado de sorriso, que ajuda na construção das relações interpessoais e convence sobre a felicidade interior da alma unida a Deus, que Ele é o Senhor de toda a história, do nosso presente e do futuro e, por isso, podemos abandonar-nos sem medo na Providência Divina.
            Neste clima jubilar desejamos uma profunda experiência da Páscoa e  com carinho, convidamos a Vossa Família para uma união espiritual conosco em  ação de graças pelo dom da Santa Úrsula.


Atenciosamente e com a oração.


Madre Francisca Sagun 
Superiora geral,
                                                                                                          com as Irmãs Ursulinas CJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz aniversário Hna Maria Czajkowska

Parabéns Hna Maria .... "O Coração de Jesus nos ama de tal forma que ninguém no mundo seria capaz de nos amar, e nos envolve c...