terça-feira, 2 de setembro de 2014

Foi criada a Diocese de Primavera do Leste e Paranatinga - MT

CRIAÇÃO DA DIOCESE DE PRIMAVERA DO LESTE - PARANATINGA
No dia 25 de junho de 2014, o papa Francisco aprovou a reestruturação da Província Eclesiástica de Cuiabá (MT), suprimindo a diocese de Guiratinga, no mesmo estado, dividindo seu território entre as três circunscrições eclesiásticas de Rondonópolis, Barra do Garças e Paranatinga.
O Papa, também, erigiu canonicamente a Diocese de Primavera do Leste – Paranatinga, modificando ainda, a denominação da diocese de Rondonópolis para Rondonópolis – Guiratinga.
Na ocasião, o papa Francisco nomeou Dom Derek John Christopher Byrne, bispo da nova diocese de Primavera do Leste – Paranatinga, transferindo-o da então diocese de Guiratinga.
Dom Derek John é natural de Dublin (Irlanda), nascido em 1948. É membro da Sociedade de São Patrício para as Missões Estrangeiras (SPS), onde professou votos religiosos em 1º de outubro de 1969. Foi nomeado bispo pelo papa emérito Bento XVI em 24 de dezembro de 2008, sendo ordenado em 22 de março de 2009. Escolheu como lema episcopal “Alegrai-vos no Senhor”. Ele estava como bispo da diocese de Guiratinga desde 2009. (Este texto foi publicado pelo site da CNBB)

Instalação da Diocese de Primavera do Leste
E Posse do 1º Bispo Diocesano Dom Derek John C. Byrne
Aconteceu no dia 24 de agosto de 2014, às 17h, no Ginásio  de Esporte Pianão em Primavera do Leste - MT, a Celebração Eucarística da qual se Instalou a Diocese de Primavera do Leste - Paranatinga e a Posse do 1º Bispo Diocesano Dom Derek John C. Byrne, SPS, com a presença do Núncio Apostólico Dom Giovanni D'Aniello representante no Brasil do Santo Padre, o Papa Francisco. Estiveram presentes os Bispos do Regional Oeste II, Presbíteros, Diáconos, Religiosas, Religiosos, Seminaristas, autoridades do Poder Executivo, Legislativo, Judiciário e  milhares de leigos e leigas.
A nova Diocese tem como sede a Paróquia São Cristóvão na qual foi instalada a Catedral Diocesana de Primavera do Leste – MT, o território da  nova Diocese conta com 11 Municípios sendo composta por 17 Paróquias  sendo 03 delas em Primavera do Leste, (São Cristóvão, São Francisco, Nossa Senhora da Salete); Poxoréu (São João Batista) e em Jarudore (Nossa Senhora da Glória); Campo Verde (São Cristóvão); Chapada dos Guimarães (Santa'Ana); Planalto da Serra (Nossa Senhora Aparecida); Nova Brasilândia (Nossa Senhora das Dores); Paranatinga (São Francisco Xavier, Coração Imaculado de Maria, Santo Antônio Maria Claret); Salto da Alegria (Nossa Senhora Aparecida); Campinapólis (Senhor Bom Jesus); Novo São Joaquim (São Joaquim); Santo Antônio do Leste (Santo Antônio).  O Bispo agradeceu a organização e a presença de todo o povo vindo de toda a Diocese presente na celebração. (Este texto foi publicado pelo site da Paróquia São Cristóvão).
----------------------------------------------------------------------------------------------
Nós, Irmãs Ursulinas das duas comunidades de Primavera do Leste participamos, com alegria e fé, deste momento histórico para a Igreja local. Unimos-nos às muitas comissões que preparam a celebração e a acolhida dos que vieram de todas as paróquias que compõe a nova diocese.  Entendemos que acolher a sede da nova diocese é acolher a Igreja que se faz mais próxima do povo e quer ser mais presença de Jesus entre as famílias e comunidades que aqui se estabelecem.
Desde que a nossa Congregação chegou a Primavera do Leste em 1985 vimos esta cidade e esta região crescer a cada dia e nos últimos anos desenvolvendo-se num ritmo muito acelerado com o crescimento do agronegócio e da implantação das indústrias o que gera empregos e expectativa de melhores condições de vida. Este pedaço do chão do Mato Grosso (região Centro Oeste do Brasil) atrai grandes investidores financeiros, mas também centenas de milhares de pessoas simples que vêm de regiões onde a crise financeira é maior, especialmente chegam do nordeste do Brasil.
Diariamente convivemos com o contraste entre a riqueza e a pobreza, a sociedade que tem capital financeiro e detém grande parte doas riquezas e lucros da produção e do comércio e de outro lado a grande parte da população que ainda está à margem deste desenvolvimento.
 Esta realidade social aumenta sempre mais os desafios da Igreja e da sociedade. São pessoas que deixam suas raízes culturais e religiosas e chegam procurando trabalho, moradia, educação, saude, enfim, condições de vida mais digna.
Nossa Congregação tem buscado ao longo destes quase 30 anos ser a presença que a Madre Fundadora espera de nós pela nossa dedicação na evangelização, na educação e nas pastorais e projetos sociais. 
Há muito a ser feito por aqui, sentimo-nos sempre pequenas diante desta realidade que pede tanto de nós, mas a cada “Tenho Sede” de Jesus no irmão que grita queremos responder com “Eis - me aqui” de Maria que serve.  Ir. Iradi Canan


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Celebração do Centenário da Congregação das Irmãs Ursulinas CJA

No dia 28 de julho de 2019, na capela da Casa-Mãe e o Santuário de Santa Úrsula Ledóchowska, em  Pniewy, realizou-se a cerimônia, que ...