sexta-feira, 13 de junho de 2014

Seminário Regional de Catequese em Cuiabá MT



Nos dias 6 a 8 de junho eu, Ir. Cleci Cirino, participei do SEMINÁRIO REGIONAL DE CATEQUESE, que teve como tema “As primeiras comunidades e a Iniciação à vida Cristã, com foco nos  ATOS DOS APÓSTOLOS” (At 2,42-47 e At 4,32-37)
Destacam-se algumas atitudes que são de fundamental importância para todo o trabalho catequético,
Aponto aqui algumas atitudes encontradas em Atos dos Apóstolos e que sevem de iluminação para a ação catequética:
- Perseverar  no ensinamento dos apóstolos: da convivência com Jesus os apóstolos hauriram  um jeito de ser e viver. Tiveram meios para assimilar o modo de Cristo se comunicar com o Pai e com as pessoas. Aprenderam com Ele e transmitiram em palavras e obras. Permaneceram fiéis, mesmo, mesmo que não lhes faltaram perseguições.
- Perseverar na comunhão fraterna: “Todos os que abraçaram a fé estavam unidos e tudo partilhavam. Vendiam as suas propriedades e os seus bens para repartir o dinheiro apurado entre todos, segundo as necessidades de cada um" (At 2,44-45). Esta perseverança na comunhão fraterna vinha da unidade e levava à unidade, pois "A multidão dos fiéis tinha uma só alma e um só coração. Não chamavam de própria nenhuma de suas posses: ao contrário, tinham tudo em comum" (At 4,32). Esta dinâmica fazia com que "Não havia indigentes entre eles... A cada um era repartido segundo a sua necessidade" (At 4,34-35). De fato, a solidariedade era uma prática constante na vida das primeiras comunidades.
- Perseverantes à fração do pão: Nos Atos lemos: "De comum acordo, iam diariamente ao Templo com assiduidade: partiam o pão em casa, tomando o alimento com alegria e simplicidade de coração" (At 2,46). Este texto é um testemunho explícito da partilha do pão na vida dos primeiros cristãos. A partilha ou "fração do pão" era realizada nas casas com alegria e simplicidade. Alegria e simplicidade são características comuns às pessoas que vivem sua fé com fidelidade.
- Perseverar na oração: a oração é, também, um elemento fundamental na vida dos primeiros cristãos: "De comum acordo, iam diariamente ao Templo com assiduidade..." (At 2,46a). Por meio da oração alimentavam a união com Cristo e eram constantemente fortalecidos e iluminados por Ele.
- Atrair (Testemunho) outras pessoas: a perseverança no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão (eucaristia) e na oração, atraíam outras pessoas para a comunidade: "E o Senhor ajuntava cada dia à comunidade os que encontravam salvação" (At 2,47b). Indubitavelmente, o testemunho comove o coração humano e o arrasta para a conversão. Este meu resumo tem como finalidade aprofundar em mim e em nós estas atitudes, pois catequizar e fazer ecoar e precisamos ecoar o Cristo e Sua mensagem.
Agradeço pela oportunidade de estar com catequistas de todo o regional do qual a Paróquia São Sebastião (Arquidiocese de Cuiabá) faz parte.
Ir. Cleci Cirino – Ursulina CJA
Coordenadora da Catequese da Paróquia São Sebastião
Várzea Grande - MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Celebração do Centenário da Congregação das Irmãs Ursulinas CJA

No dia 28 de julho de 2019, na capela da Casa-Mãe e o Santuário de Santa Úrsula Ledóchowska, em  Pniewy, realizou-se a cerimônia, que ...